Cubismo

terça-feira, dezembro 12, 2006

A arte Cubista - Época de grandes mudanças

Um apreciador da pintura cubista o Marcelo Gleiser afirma que o século 20 foi marcado por revoluções consecutivas na arte. Segundo este físico destruí "de um lado, Pablo Picasso destruiu a rigidez plástica na pintura, tentando, com o cubismo, expandir as possibilidades de representação de imagens tridimensionais em telas bidimensionais. Aproximadamente na mesma época, Albert Einstein destruiu a rigidez da concepção newtoniana de espaço e tempo, mostrando que medidas de distância e de tempo não são absolutas, independentes do estado de movimento de quem as faz, mas, sim, dependentes do movimento relativo entre observadores.”
Os artistas cubistas pretendem demonstrar artisticamente uma reprodução vista ao mesmo tempo de perspectivas diferentes. Era como que se o cubista estivesse numa quarta dimensão.
Ainda segundo Gleiser, "Picasso e Einstein foram influenciados pelo matemático francês Henri Poincaré que, no início do século, propôs que a geometria descrevendo a realidade não era única. Picasso, através de seu amigo Maurice Princet, e Einstein, ao ler o livro ‘Ciência e Hipótese’, publicado em alemão em 1904. Para ambos, a função da ciência e da arte é revelar a essência da realidade que se esconde por trás da limitada percepção sensorial. Mesmo que a quarta dimensão de Picasso seja diferente da de Einstein, nossa visão de mundo foi profundamente mudada por ambas"

A arte Cubista - "Les Demoiselles d'avignon"

O início desta arte foi marcada pelo quadro “ Les Demoiselles d’Avignon” de Pablo Picasso (1907). Esta pintura representa cinco prostitutas nuas num bordel. As duas mulheres colocadas à direita têm rostos com traços tão acentuados que parecem estar usando máscaras. A forma do nariz e os nervos faciais elaborados numa série de desenhos dirigem-nos às máscaras africanas. Alguns meses depois, foi finalizado por Picasso após uma visita ao museu de etnografia. A partir de então, o amor e a morte participaram no desenrolar da sua obra. Houve uma persistência no uso das artes primitivas. Este tipo de cubismo é denominado Cubismo primitivo.




(Les Demoiselles D'avignon )

A arte Cubista - As cores

Os primeiros artistas a realizar procuras de novas formas de representação da natureza foram Braque e Picasso. Os dois foram muito influenciados pela obra de Cézanne, descrita como uma maneira de tratar a natureza por meio do cilindro, da esfera, do cone.
Cézanne usava formas geométricas quando pintava e afirmava ver na natureza "o quadrado, a esfera e o cone". As suas obras desrespeitavam completamente a perspectiva tradicional de um objecto. Mostrava a figura em mais de uma face, distorcendo-as subtilmente.
Viveu 92 anos e desde muito jovem se dedicou à arte até morrer. Durante o seu percurso como artista passou por diversas fases:
· A fase Azul que representa a tristeza e a solidão provocadas pelo suicídio de Casagemas, seu amigo, são avaliadas pela monocromia e também a representa a miséria e o desespero humano.
· A fase Rosa originou muitos desenhos sensuais e eróticos, devido à paixão de Picasso pelo circo. Depois de descobrir as artes primitivas e africanas, compreendeu que o artista negro não pinta de acordo com a tendência de um determinado movimento estético, mas com uma liberdade muito maior. Picasso desenvolveu uma verdadeira revolução na arte. Em 1907, com a obra Les Demoiselles d’Avignon começa a elaborar a estética cubista que, como vimos anteriormente, se fundamenta na destruição de harmonia clássica das figuras e na decomposição da realidade, essa tela subverteu o sentido da arte moderna com a declaração de guerra em 1914, chega ao fim a aventura cubista. Podemos destacar, também o mural Guernica, que representa, com veemente indignação, o bombardeio da cidade espanhola de Guernica pelos aliados alemães de Franco, em Abril de 1937, responsável pela morte de grande parte da população civil formada por crianças, mulheres e trabalhadores.
"A obra de um artista é uma espécie de diário. Quando o pintor, por ocasião de uma mostra, vê algumas de suas telas antigas novamente, é como se ele estivesse reencontrando filhos pródigos - só que vestidos com túnica de ouro." Pablo Picasso
"A Arte não é a verdade. A Arte é uma mentira que nos ensina a compreender a verdade". Pablo Picasso

quarta-feira, dezembro 06, 2006

A arte Cubista - as fases

Enquanto o movimento cubista se desenvolvia, sofreu várias alterações, sendo principalmente marcado pelas seguintes:

1. O cubismo primitivo (1907): nas primeiras pinturas cubistas foram descritas pela restrição às formas geométricas.

2. O cubismo analítico (1910 – 1913): demonstra uma decomposição de objectos que estão representados no quotidiano. È uma combinação de pedaços de peças, vistos de várias maneiras com perspectivas diferentes.

3. O cubismo Sintético (1913): este tipo de cubismo era composto por colagens de vários papéis com diferentes texturas e padrões, as cores tornaram-se muito mais vivas. O espaço e volume são inspirados com pequenos leves traços de sombra. Nota-se um grande distanciamento de qualquer arte primitiva.

A arte Cubista - principais caracteristicas

O cubismo demonstra os objectos como são representados no nosso pensamento. Um pintor cubista retrata o que existe de forma diferente do que nós vemos. O cubismo tem três características principais:

1.Demonstra os objectos escolhidos em cubos.

2.Descreve as naturezas morta com poucas cores fazendo contraste o claro e o escuro com sombra muito carregadas.

3. Não e utilizada a perspectiva, os desenho dominado por figuras geométricas são sobrepostos.

Esta arte teve uma grande influência de Cézanne, também se relaciona com as teorias de Einstein, concluiu que é impossível determinar um movimento. Um objecto pode estar parado ou em movimento dependendo da perspectiva em que esta a ser desenhado.